A verdadeira história dos três porquinhos! – Resenha

A verdadeira história dos três porquinhos! – Resenha

16 de dezembro de 2019 Sem categoria 0

Você conhece a história dos três porquinhos, né? Ah! Todo mundo conhece, nem que seja só uma pincelada da história. Cante comigo: “Quem tem medo do lobo mau, lobo mau, lobo mau…”. Essa mesmo!

E se eu te disser que a história que você conhece é apenas uma versão! E não estou falando que Joseph Jacobs publicou uma história folclórica da Inglaterra, ou que Disney fez alterações para seu desenho animado. O que quero dizer é que o que conhecemos é apenas a versão do ponto de vista dos porquinhos. Alguém já parou para ouvir o Lobo?

Pois Jon Scieszka resolveu tirar a história a limpo e ver se esse tempo estávamos acreditando numa fake news, e no livro A Verdadeira História dos Três Porquinhos!, narrado por A. Lobo e publicado no Brasil pela Companhia das Letrinhas, nos deparamos com uma realidade bem diferente daquela que conhecemos.

A narrativa é uma delícia, engraçada e muito simples. Lobo estava fazendo um bolo de aniversário para sua mãe, mas acabou o açúcar, e ele teve que sair pela vizinhança para pedir emprestado. O problema todo foi seu resfriado, que o fazia espirrar a todo momento. Você sabe que tem gente que, quando espirra, é um Deus nos acuda, né? Eu mesmo sou desse tipo de gente, igual ao Sr. Lobo.

Não quero aqui contar o final dessa história, embora eu tenha um dever jornalístico de contar a verdade. Acho melhor que vocês não saibam de tudo por mais um intermediário e descubram o que aconteceu lendo o relato de quem estava por lá 😉

Gosto muito das ilustrações, mas não me encantei pelo projeto gráfico. As imagens, quase sempre quadradas – a não ser nas páginas duplas – ganham uma moldura serrilhada e às vezes senti a imagem meio apertada dentro dessa moldura. Não sei como era no original, mas as edições mais recentes, inclusive nos EUA, seguem este mesmo projeto.

Pode parecer chatisse, mas não é. As ilustrações de Lane Smith são excelentes. A escolha pelas texturas e pela paleta de cores entre o marrom, vermelho e preto, dão um ar de resgate da memória, como se estivéssemos revirando jornais antigos para descobrir o que de fato aconteceu. Amo os enquadramentos e as expressões do lobo. Olha que demais essa imagem acima! Por isso acho que as imagens não mereciam estar enclausuradas desse jeito.

A julgar pelo tempo em que vivemos, ler uma história como essas com as crianças é uma excelente forma de introduzir temas como justiça, responsabilidade e confiança. O que fica – além de boas risadas ao longo do livro – é uma reflexão sobre o que é a verdade.

Ah! Um último detalhe. Aqui tem também uma resenha do livro Este é o Lobo, do Alexandre Rampazo. Dá uma olhada lá, que vale a pena!

Toda segunda-feira vou publicar uma resenha de um livro infantil, ou de livros que marcaram minha infância de alguma forma. Quer sugerir algum livro para aparecer aqui? Mande um comentário ou responda às enquetes lá no Instagram @livrotecastorytime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *