Categoria: Sem categoria

A Grande Fábrica de Palavras – Resenha

Calma. Respira fundo. Cereja, poeira, cadeira. Escrever sobre A Grande Fábrica de Palavras não será fácil. Vamos falar sobre um país onde as pessoas quase não falam, porque, nesse país, é preciso comprar as palavras. Se alguém me pedisse um exemplo de como um livro infantil pode ser literatura de primeiríssima categoria, A Grande Fábrica…
Leia mais


6 de novembro de 2019 0

O Livro Sem Figuras, de B.J. Novak – Resenha

A primeira vez que vi O Livro Sem Figuras, de B.J. Novak, pude presenciar o poder que ele tem de nos deixar leves. Eu trabalhava numa agência de marketing digital e um dos meus colegas de trabalho chegou com “a novidade”. Acho que o efeito é contagioso: primeiro era um grupinho de três que lia…
Leia mais


6 de novembro de 2019 0

Adivinha Quanto Eu Te Amo – Resenha

– Papai, posso te dizer uma coisa?– Claro, filho. O que foi?– Eu te amo! Quase todos os meus dias começam assim. E na minha família há muitas versões desta mesma história. Como: “Te amo, te amado, te aminho, te amento”, ou “Eu te amo, te adoro, você é meu amor, meu penico de cocô”,…
Leia mais


6 de novembro de 2019 0

O Menino no Espelho, de Fernando Sabino – Resenha

O Menino no Espelho não foi dos primeiros livros que eu li. Acredito que eu já tinha meus 13 anos quando ele apareceu na listinha de leituras obrigatórias da escola. E apesar de outras histórias terem sido importantes para minha formação enquanto leitor – O Menino Maluquinho, O Reizinho Mandão e Dilermano Constantino Albuquerque Raposo,…
Leia mais


6 de novembro de 2019 0

O Menino Maluquinho, de Ziraldo – Resenha

Sempre achei que eu fosse o próprio Menino Maluquinho. Olho maior que a barriga? Tinha. Fogo no rabo? Tinha. Vento nos pés, pernas enormes e macaquinhos no sótão? Tinha, tinha e tinha! O Menino Maluquinho, obra prima escrita e ilustrada por Ziraldo, editada pela Melhoramentos, foi meu primeiro livro lido sem ninguém mandar. Pelo menos…
Leia mais


6 de novembro de 2019 0