Ah, os lugares aonde você irá! de Dr. Seuss – Resenha

Ah, os lugares aonde você irá! de Dr. Seuss – Resenha

20 de janeiro de 2020 Sem categoria 0

Você pode até nunca ter lido nenhum livro de Dr. Seuss, mas é praticamente impossível não ter sido impactado por sua obra, de uma forma ou de outra. O conhecido autor do livro Como o Grinch roubou o Natal e O Gato da Cartola publicou mais de 60 obras e hoje vamos falar de uma das nossas preferidas: Ah, os lugares aonde você irá!, publicado no Brasil pela Companhia das Letrinhas.

O texto, todo rimado, é uma ode à aventura e à descoberta, escrito já no fim da vida do autor. “Você vai para lugares incríveis, viver coisas que jamais viveu”, ele profetiza para a criança-leitora. Mas a narrativa cabe muito bem para leitores mais velhos, com certeza.

Ao longo do livro o personagem principal – seja ele Bianca, Beatriz, Bartolomeu, Galileu Maguila do Nascimento abreu, ou seja você mesmo, que está lendo este post – vai conhecendo um pouco do que lhe espera na visão de Dr. Seuss. Do momento do despertar, disposto e otimista, passando por decisões simples até os perrengues mais complicados, momentos de tensão e solidão, sempre com um chamado para seguir em frente.

E essa é a mensagem do livro, no fim das contas: temos coisas a fazer, temos lugares para conhecer, então é melhor arregaçar as mangas e começar a caminhar para ver onde a estrada vai dar. E é certo que teremos altos e baixos no caminho. Naturalmente.

As ilustrações do próprio autor são inconfundíveis, muito expressivas e com toques delicados de non-sense. Os olhos dos personagens sempre nos dizem algo a mais, e as paisagens amplas, de muitos planos, dão a dimensão do que vamos enfrentar quando decidirmos rumar para os lugares para onde iremos.

Há estrofes que, por si, já valem o momento da leitura. Destaco a minha preferida:

“Você pode ficar tão confuso
que vai começar a correr
por longas estradas incertas num ritmo de enlouquecer
e vai se cansar da jornada selvagem que tem a percorrer
em direção a um lugar inútil, por assim dizer.

O Lugar da Espera”.

Quem nunca se viu trancafiado no Lugar da Espera? Onde todo mundo vive esperando por alguma coisa, depois de ter avançado tanto, mas não o suficiente. Já estive por lá e passaram-se anos até que eu arrumasse forças para deixar de esperar.

Ilustração do Lugar da Espera. Todo mundo já passou por aí um dia 😉

Mas o bom é que isso foi no meio do livro e no meio da minha vida também. Ah, os lugares onde você irá! Espero que sejam tão incríveis, desafiadores e cheios de gente legal como esses que estou conhecendo agora.

Toda segunda-feira vou publicar uma resenha de um livro infantil, ou de livros que marcaram minha infância de alguma forma. Quer sugerir algum livro para aparecer aqui? Mande um comentário ou responda às enquetes lá no Instagram @livrotecastorytime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *